Palavra-chave: vizinhos

Resultados para a palavra-chave vizinhos

vizinhos

Uma visão positivista sobre o muro entre Estados Unidos e México

Publicado em 04 de outubro de 2006 por Olegario Schmitt

Muro na fronteira entre EUA e México

Bush promulgou a lei que permite a construção do muro na fronteira com o México

SCOTTSDALE, EUA, 4 out (AFP) – O presidente George W. Bush assinou nesta quarta-feira, na cidade de Scottsdale, Arizona (sudoeste), a lei que autoriza a construção de um muro de 1.200 km na fronteira com o México, aprovando assim a execução da polêmica obra.

Em momento como esse, certamente não podemos deixar de lembrar do Muro de Berlim. Também pensamos que, pleno século XXI, tais coisas não mais deveriam estar acontecendo. Mas tudo na vida tem o seu lado bom e indignar-se com o muro americano não passa de negativismo.

Primeiro temos de considerar o fato de que o mundo começará a acabar justamente pelos EUA, como eles “o fim do mundo”mesmo demonstram claramente através dos filmes “O Dia Depois de Amanhã” e “Guerra dos Mundos”, apenas citando dois exemplos.

Mas isso não é motivo para preocupações (lembre-se: sem negativismo!!): quando afinal chegar o fim das eras, nós — latino-americanos — estaremos em relativa segurança.

Continuar lendo »

Cores, sons e cheiros

Publicado em 17 de fevereiro de 2005 por Olegario Schmitt

Rua São Vicente de Paulo,
Santa Cecília, São Paulo.

Entre três santos, vivo seguro.

Transito entre árvores,
flores e calmaria
— quem diria?!

Minha Rua de tantas cores, pausa
para a selvageria urbana.

Em noites de neblina,
alameda londrina.

Em dias de sol, nenhuma buzina:
antagônicos cantares de sabiá
transfiguram harmoniosamente
o quase absoluto silêncio.

Sinagoga e colégio católico
lado a lado respeitam-se.

Continuar lendo »

Todo bônus tem seu ônus. Qual é o preço pago pelo conhecimento?

Publicado em 27 de julho de 2004 por Olegario Schmitt

Reflexão (Autoretrato)
Clique aqui para ler um livro em PDF sobre autoretratos

Há alguns dias, enquanto andava na rua, percebi um grupo de pessoas rindo feito uns diabos. É incrível como a intelectualidade reflete-se na expressão das faces e, dessa forma, pude perceber claramente o nível cultural desse grupo. Fiquei abismado ao ouvir que eles riam-se das maiores bobagens, das maiores idiotices imagináveis, de coisas sem sentido.

Lembrei-me de imediato do conto de Voltaire, História de Um Brâmane, lido ainda na minha adolescência, onde ele, percebendo que as pessoas menos cultas pareciam ser mais felizes, questiona o valor do conhecimento e da cultura.

Continuar lendo »

Pela ocasião do atentado ao escritório da ONU em Bagdá, o qual vitimou o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello.

Publicado em 16 de maio de 2004 por Olegario Schmitt

Cabeças cortadas Série Matches

silêncio & completa solidão para estar em contato com minhas entranhas.
mas vizinhos. vizinhos azucrinam o tempo todo.
às vezes sinto vontade de aniquilar meus vizinhos.
todos eles. agora mesmo fazendo barulho
nos corredores. portas batendo, campainhas tocando,
trololós sobre a vida alheia. morte aos vizinhos!
podadores da completa liberdade do ser humano!

devemos todos adaptar-nos à vontade alheia?
mas qual vontade dentre todas deverá predominar?
devo obedecer à síndica funcionários seguindo
os passos do gerente? devemos todos ser iguais ao presidente?
e quem será o presidente do meu instante, da minha pátria,
do meu mundo e da vida do meu filho que explode?

Continuar lendo »

Designed by