Palavra-chave: fome

Resultados para a palavra-chave fome

fome

Os quatro anos do blog e os Quatro Cavaleiros do Apocalipse

Publicado em 16 de maio de 2008 por Olegario Schmitt

Albrecht Dürer - Os 4 Cavaleiros do Apocalipse

Num mundo onde cada vez mais se percebe uma generalizada falta de leitmotiv, de ausência de caráter, a selvageria do individualismo desenfreado afetando todo o coletivo, inclusive as pessoas praticantes dessas atitudes, há quatro anos nascia o Sinal dos Tempos Blog. Com logo exibindo uma bomba atômica, escrito por um cara utilizando máscara química, o Blog nunca teve intenção de ser oásis em meio a esse deserto.

Portanto, antes de comemorar os cerca de 200 visitas e 2500 hits diários — isso num ambiente sem fadinhas ou borboletinhas esvoaçantes —, é importante que se mantenha vivo o propósito desse espaço.

Gostaria de ter associado o número de aniversários com as estações do ano, se estas ainda existissem, ou quiçá com os pontos cardeais, se a humanidade não tivesse perdido seu norte há muito tempo. Até os néscios percebem que o mundo está mudando e por muitas vezes é inevitável adotar certo tom apocalíptico: são quatro anos e eram quatro cavaleiros, sinalizando a conquista, o extermínio, a fome e a morte.

Continuar lendo »

A história de uma infanta nada infantil

Publicado em 12 de março de 2007 por Olegario Schmitt

Crianças vítimas das minas - Francesco Zizola

gilda, Seus Olhos e Seu Sorriso


era uma nega fulô
à qual chamavam de gilda.
e para ela rir gostoso
os três meninos faziam-lhe cócegas:
um na sola dos pés,
o outro no sovaco,
e o outro na barriga.

depois um dedo no umbigo,
catar piolho na floresta miúda de pelos…
e aquele cheiro
de fruta suculenta e úmida
enchendo o ar
enchendo os sentidos
enchendo as cuecas…

em troca
eles lhe davam
as suas sementes.

e ela lhes devolvia
o seu olhar vazio
e o seu sorriso
sem dentes.



Continuar lendo »

A soma do capital dos oito mais ricos do mundo, se fôssemos socialistas

Publicado em 11 de março de 2005 por Olegario Schmitt

A lista das maiores fortunas do mundo, anunciada pela revista americana Forbes, consta de 691 bilionários (milionário furreca não entra). Os valores, somados, alcançam a estúpida quantia de US$ 2,2 trilhões (R$ 6 trilhões).

Dentre as pessoas que jamais passarão fome no mundo, figuram 9 brasileiros:

Continuar lendo »

Poeminho do tempo em que fui ativista estudantil.

Publicado em 08 de junho de 2004 por Olegario Schmitt

Foto: Centro de Medios Independientes - Guadalajara - Mexico

Hoje o dia promete
tem passeata às sete
corrida da polícia às oito
e como um bicho
me esconder afoito.

Hoje o dia promete
tem passeata às sete
pelos milhões sem nome
que passam fome,
para depois, às oito,
fugir de parte deles
que se disfarça
sob os uniformes.

(1993)

Há alguma esperança diante do que aconteceu ao redor do mundo nos últimos quinze minutos?

Publicado em 16 de maio de 2004 por Olegario Schmitt

nesses últimos quinze minutos que se passaram,
mais uma bomba deve ter explodido em bagdá,
algum timorense deve ter sido caçado
no seu direito de viver livre em timor
e há menos iraquianos no mundo

há menos mães iraquianas no mundo,
há menos crianças iraquianas no mundo,
há muito menos mundo no mundo.

uma flor nasceu em algum lugar,
mas não sei onde porque não estava olhando,
e em saraievo nasceram também muitas flores,
mas eles não viram porque estão famintos.

nesses quinze minutos centenas de meninas
estiveram se prostituindo ao redor do mundo
e milhares de crianças brasileiras
estiveram passando fome,
talvez mais de uma dezena delas haverá morrido
da fome ou da desidratação,
de craque ou de bandido.

e nasceu mais uma flor na favela,
mas a essa altura ela certamente
já terá murchado e morrido de abandono.

nesses quinze minutos
talvez um sonho tenha sido realizado,
uns outros milhões foram esquecidos.

nesses quinze minutos
eu te escrevi esse poema
pois ainda resiste em mim
a certeza de que as flores valem a pena.

In: O Amor & Outras Coisas que Coçam, 2003

Designed by