Palavra-chave: escritor

Resultados para a palavra-chave escritor

escritor

As similaridades entre escritores e serial-killers

Publicado em 24 de Março de 2010 por Olegario Schmitt

Escrever é uma forma de crime e, por isso, todo escritor cultiva dentro de si características peculiares a um serial-killer. Como estes, consegue ignorar solenemente aquela vozinha do superego que diz “você não deveria fazer escrever isso, vão acabar pensando que você está falando é de você mesmo”. O assassino em série, como o escritor, na verdade sabe muito bem diferenciar o certo do errado, mas simplesmente não se importa. “É como se uma força, mais forte do que eu, me impelisse a matar escrever”. “Quando voltei a mim, já havia cometido o crime conto”.

Todo escritor é um sórdido. Nas cenas finais de Hamlet, os personagens invariavelmente matando-se uns aos outros, Shakespeare nada faz para impedi-los. Ele poderia transformar, subitamente, as espadas em lenços de seda e os venenos em purgantes, evitando assim o trágico desfecho. Mas Shakespeare não faz nada. E se não faz nada é porque na verdade ele gosta.

Continuar lendo »

Todo mundo merece, até os escritores

Publicado em 28 de dezembro de 2006 por Olegario Schmitt

Autorretrato na Rede

Escritor em férias, volte mais tarde.

Que D’us abençoe ao santo anônimo que inventou a rede.

O que é liberdade de expressão, se é que existe tal coisa.

Publicado em 15 de junho de 2004 por Olegario Schmitt

O inciso IX, do Artigo 5º da Constituição Federal, estabelece que “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”. O Artigo 220, que “a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição”. O seu parágrafo 1º estabelece que “nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação” e, em 1948, o Brasil subscreveu a Declaração Universal dos Direitos do Homem, que diz em seu Artigo 19 que “todo homem tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios”.

Embora os autores tenham, entretanto, amplo apoio legal à Liberdade de Expressão, é evidente que essa liberdade não é ilimitada como apregoa a teoria da Lei, pois é bem sabido que “essa liber­dade não é ili­mi­tada como apre­goa a teo­ria da Lei”um autor não pode e não conseguirá facilmente publicar qualquer coisa que ele bem entender. Sua obra, não obstante ter passado pela censura particular dele mesmo e pela censura direta dos proprietários ou dirigentes dos meios de comunicação, ainda deverá confrontar a “censura social”, essa mais forte e mais difícil de ser transigida.

Continuar lendo »

Designed by