Pincel

Qual é o sentido das coisas?

Literatura

Pincel

Qual é o sentido das coisas?

Publicado em 18 de Maio de 2008 por Olegario Schmitt

As coisas não têm sentido,
porque único sentido que existe nas coisas
é o sentido que lhes atribuímos.

Assim sendo posso atribuir
qualquer sentido à qualquer coisa
que não fará diferença nenhuma.

Atribuo, por exemplo, o sentido
de candelabro a meus dedos.

E o céu é verde-claro nos dias de sol
e verde-musgo durante
as noites e dias de chuva.

E as armas são pirulitos
e as balas são borboletas
e o sangue é o caramelo da vida.

Sei que meus dedos continuam apagados
e que o céu ainda é dessa cor
que a gente pensa que é azul,
mas gosto de imaginá-los assim
porque o mundo é do jeito que eu vejo
e o vejo do jeito que eu quero ver.

Você pode deixar sua opinião registrada

Seu ponto de vista é importante. A reação do leitor é um termômetro valioso para o autor.

Contribua com sua opinião

Designed by