Um Dia Especial para Gandhi

O que faz com que um dia seja especial?

Celebrações

Um Dia Especial para Gandhi

O que faz com que um dia seja especial?

Publicado em 06 de setembro de 2004 por Olegario Schmitt

Gandhi (1869 - 1948)

Porque hoje é segunda-feira e não se comemora coisa alguma, tampouco é aniversário de seu nascimento ou de sua morte, eis aí um ótimo pretexto para lembrar Gandhi: hoje é um dia especial, como outro qualquer.

“A não-violência não existe se apenas amamos aqueles que nos amam. Só há não-violência quando amamos aqueles que nos odeiam. Sei como é difícil assumir essa grande lei do amor. Mas todas as coisas grandes e boas não são difíceis de realizar? O amor a quem nos odeia é o mais difícil de tudo. Mas, com a graça de Deus, até mesmo essa coisa tão difícil se torna fácil de realizar, se assim queremos.”

“Ao rejeitar a espada, não tenho senão a lâmina do amor para oferecer àquele que investiu contra mim. É ao oferecer-lhe esta lâmina que espero sua aproximação. Não posso conceber um estado de hostilidade permanente entre um homem e outro. Pois, crendo na reencarnação, vivo na esperança que, se não nesta vida humana mas numa outra, poderei cingir toda a humanidade num fraternal abraço.”

“Vocês podem me acorrentar, torturar e até destruir meu corpo, mas nunca aprisionarão minha mente.”

“Não há um único caminho para a felicidade; a felicidade é o caminho.”

Você pode deixar sua opinião registrada

Seu ponto de vista é importante. A reação do leitor é um termômetro valioso para o autor.

Contribua com sua opinião

Designed by