Atualidades

Análise peculiares sobre política e notícias atuais.

Atualidades

Como reagem as personalidades da política latrinoamericana nos momentos de crise?

Publicado em 11 de março de 2010 por Olegario Schmitt

Hoje, aproximadamente 20 minutos antes da posse do novo presidente eleito do Chile, Sebastián Piñera, aquele país foi atingido por mais um terremoto, alcançando 6,9 graus na Escala Richter e terrificando os presidentes da América Latrina presentes no evento.

Não esqueçamos que o fato se deu nesse mesmo nosso continente onde a falta de memória parece ser um mal generalizado e onde cenas que deveriam ser unicamente trágicas frequentemente se transformam em cenas tragicômicas. Nós aprendemos a rir de nossas próprias tragédias. Aliás, aprendemos tão bem que agora não levamos quase nada a sério.

Como sabemos, é nos momentos de fraqueza que todos mostram quem verdadeiramente são. A terra tremeu, as máscaras caíram e, obviamente, acabou por revelar-se uma das cenas mais pândegas do ano.

Leo La Valle/EFE

Rafael - A Bênção de Cristo (c. 1506)

Continuar lendo »

Deixai toda a esperança, vós que entrais no Brasil

Publicado em 22 de outubro de 2007 por Olegario Schmitt

Esra Ersen - 27ª Bienal de São Paulo

Não se iluda: no arco da nossa porta verde-amarela, nem Gonçalves Dias, nem Bilac, mas Dante, Canto III do Inferno: “Deixai toda a esperança, vós que entrais”.

O Brasil não tem jeito. A realidade é esta. Aceitemo-na tal qual ela é: dura, fria, amorfa como os corpos do mais novo acidente aéreo.

O que fazemos quando um político investigado por corrupção toma posse? NADA. O que fazemos quando acontece mais um acidente aéreo? Continuamos tomando vôos no mesmo aeroporto e, assim como o presidente, manifestamos comiserações de alcova.

Todos “Deixai toda a esperança, vós que entrais” – Dantesabem que nada acontecerá, porque nada acontece mesmo. E não acontece porque ninguém faz nada: nem você. Não acontece porque ninguém está nem aí: reclamamos e paramos em mão-dupla, devolvemos carteiras perdidas e jogamos lixo no chão. Tudo não passa de uma grande festa! Ôba! Ôba! Rouba! Rouba!

A grande maioria que estufa o peito e diz que o Brasil tem jeito está na verdade confundida: isto que chamam esperança não é nada mais do que ilusão. Portanto, abandonar toda a esperança já é um bom começo — o ceticismo niilista pode ser obscuro, desesperador e tristíssimo, mas certamente não é iludido.

Continuar lendo »

Riscando os erros

Publicado em 14 de outubro de 2007 por Olegario Schmitt

by Joe Lee

Ficou a impressão de que o artigo anterior está ali, sujando meu blog. E talvez a morte do gerúndio não valha tanto assim.

As moedas têm dois lados, às vezes têm duas caras (lesando a coroa em dobro).

Na vida contemporânea, anoréxica de heróis, parca de modelos ou exemplos, ser discípulo de Diógenes é tarefa cada vez mais ingrata, a “benevolência” governamental não passando de mera esmola atada a um fio.

Dessa forma, VOU ESTAR RISCANDO o artigo, no gerúndio mesmo, não na tentativa de ocultar um erro, mas na intenção justamente de admití-lo.

E aproveito a oportunidade para riscar também outras palavras:

Brasília
Corrupção
Desonestidade
Mau-Caratismo
Apatia

A questão é: dessa vez, estou riscando o erro de quem?

Vamos estar eliminando o gerúndio de nossas vidas?

Publicado em 01 de outubro de 2007 por Olegario Schmitt

José Roberto Arruda, Governador do DF - Foto: Alan Marques

Jamais pensei que, em algum ponto da vida, chegasse ao ponto de dizer isso: esse homem hoje foi meu herói.

Leia abaixo a reportagem da Redação Terra:

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, “demitiu”, em decreto publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial do Distrito Federal, “o gerúndio de todos os órgãos do Governo Federal”. O gerúndio é uma forma nominal do verbo, invariável, terminada em “ndo”, normalmente usada para expressar sentido de continuidade, por exemplo, estamos “providenciando”. De acordo com o decreto de Arruda, o uso do “gerúndio para desculpa de ineficiência” está proibido a partir desta segunda nos órgãos do governo.

É, toda moeda tem dois lados mesmo. E quem rir por último, certamente estará rindo melhor…

Tanta eficiência…

Publicado em 23 de março de 2007 por Olegario Schmitt

Hoje foram presas 606 pessoas no Estado de São Paulo, em megaoperação da Polícia Civil.

Na lista, ladrões de laptops de Guarulhos, assaltantes de Congonhas, larápios de cargas no Porto de Santos, traficantes, seqüestradores, etc. etc. etc.

Aqui no Brasil tanta eficiência jamais nos deixa satisfeitos, muito pelo contrário: ficamos todos de cabelos em pé ou pelo menos com a pulga atrás da orelha.

Considerando-se que essa operação levou 15 dias para ser planejada e efetivada, não se entende o que terá acontecido com os meses de janeiro e fevereiro, quando operações como essa não ocorreram.

O que terá feito as águas de março rolarem?

De uma coisa tenho certeza: se a polícia fizesse uma operação dessas por mês, não nos importaríamos nem um pouco que folgassem nos outros 15 dias restantes.

São as águas de março fechando o verão, trazendo suspeita no meu coração.

Definição de República

Publicado em 10 de fevereiro de 2007 por Olegario Schmitt

República (Houaiss)
s.f. forma de governo em que o Estado se constitui de modo a atender o interesse geral dos cidadãos

República Brasileira (Sinal dos Tempos Blog)
s.f. prostituta bêbada e nua caída de costas com as pernas abertas

Entenda o plano de minutos da ANATEL

Publicado em 31 de janeiro de 2007 por Olegario Schmitt

Caça-Níqueis

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u114101.shtml

Trocando em miúdos, pelo que entendi da reportagem aí de cima, em vez de pagar R$ 0,14672 a cada quatro minutos (sistema de pulsos atual), se pagará por minuto R$ 0,09557 (plano básico) ou R$ 0,03667 (plano alternativo)¹.

Dessa forma, quatro minutos custarão R$ 0,38228 (aumento de 161%) e R$ 0,14668 (pasmem, sem aumento), respectivamente em cada plano.

Como os primeiros 3 segundos de sua ligação não serão cobrados, em quatro ligações furtivas, porém apaixonadas, você até conseguirá dizer “alô/eu/te/amo”. Não precisa mais do que isso mesmo pra quem quer fazer economia.

Mas, se você passar desses três segundos de ligação, então é melhor aproveitar e caprichar no seu alô: “aaaaaaaaaaallllôôôôôôôôuuuuu, meu amoooouuuuurrrr…”, porque serão cobrados por 30 segundos de ligação, mesmo que só leve 10.

Continuar lendo »

Eu tô falano, eu tô avisano…

Publicado em 12 de dezembro de 2006 por Olegario Schmitt

Pólo Norte – Previsão para 2040
Fonte: The National Center for Atmospheric Research

Segundo pesquisa do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica dos EUA, até o verão de 2040, devido à emissão de gases-estufa, o Oceano Ártico poderá derreter totalmente.

Leia a notícia no Terra ou diretamente na página do NCAR, essa última (em inglês) com vídeo da simulação da progressão do derretimento da calota polar norte, feita nos supercomputadores do Centro de Pesquisa.

Portanto, se você quiser conhecer o Urso Polar em seu habitat natural, é bom se apressar.

A tempo: já falei do derretimento do ártico no artigo sobre a construção do muro na fronteira EUA/México (link).

Viu, eu falei! Eu tô avisando!

Designed by