O fluir das águas

Um texto para marcianos

Atualidades

O fluir das águas

Um texto para marcianos

Publicado em 06 de dezembro de 2006 por Olegario Schmitt

Água subterrânea pode ser a fonte dessas erupções em Marte (NASA)

A NASA afirma ter encontrado água em Marte, mas eu ainda não entendi por que foram procurar água tão longe. Nem precisava.

Aqui em São Paulo chove TOR-REN-CI-AL-MEN-TE desde o dia 26/11, todo dia. E não é garoinha não, é canivete mesmo! Coisa de outro mundo!

Enquanto a NASA gasta milhões e milhões de dólares procurando água por lá, a gente, se pudesse, pagava a mesma quantia pra se livrar da água toda que tem aqui.

Ou quem sabe se a NASA gastasse esses dólares procurando água na África, hein? Já viu?! O problema em si não é procurar, é procurar no lugar certo…

Quando li essa notícia e olhei para a chuva lá fora, vi que isso não faz o mínimo sentido, que está faltando bom-senso.

Afinal, eles fazem toda essa festa por causa de uma mera pocinha, que eu nem consegui ver na foto.

Marcianos, digo, paulistanos presos no engarrafamento provocado pelas chuvas

Já a gente aqui vê toda essa água… e chora!

E os africanos não vêem água nenhuma e choram também.

Se houvesse maneira da gente mandar toda água de São Paulo pra Marte, aí sim a NASA teria do que se vangloriar.

Ou quem sabe se a gente mandasse a água pra África?

Ou nem tão longe: por que a gente não encana o alagamento de São Paulo e manda tudo pro nordeste?

Aí, sim, NÓS teríamos do que nos vangloriar!

Já imaginou os nordestinos todos, rescém aprendendo a nadar, exclamando suspirosos, com olhar sonhador: “olha quanta água, até parece São Paulo…”?

Mas o fluir das águas é mesmo um mistério, superado somente pela misteriosa insensatez humana.

Afinal, só cogitar essa teoria estúpida já é uma grande bobagem: o que acontece em São Paulo, fica em São Paulo. Principalmente se for água da chuva.

Por isso, acho que dentro de poucos dias acabaremos virando sapos! Lindos sapos verdes paulistanos, chapinhando nas ruas alagadas desse país governado por um Cururu…

Quem sabe se assim os marcianos, vendo a gente, não ficassem com pena…

Puxa, como sou tolo! Sei, intimamente, que eles não gastariam suas preciosas verdinhas observando um planeta tão tolo quanto a Terra, da mesma forma que os políticos daqui não gastam os nossos reais para resolver a questão das enchentes.

Ah! Os marcianos são muito mais espertos!

Comentários

  1. Wellington
    1 de agosto de 2008

    A bem da verdade uma coisa não tem ligação com outra… Primeiro que a busca espacial só traz avanços tecnológicos que permitiram os EEUU patentearem uma série de produtos que geram bilhões para eles e hoje na medicina salvam milhares de vidas. Exploramos o espaço há bem menos de 100 anos e antes disso as coisas não se resolveram na Terra. Não é esta importantíssima “cruzada” que interfere na resolução dos problemas mundiais e sim a estupidez humana Uma série de fatos e componentes religiosos/culturais vão continuar trazendo todos os mesmo problemas que vivemos hoje (e ainda vão piorar) e se formos esperar que isso se resolva nunca sairemos do nosso pequeno planeta e passaremos milhares de anos na mesma.

Contribua com sua opinião

Designed by