Meu herói?

Vamos estar eliminando o gerúndio de nossas vidas?

Atualidades

Meu herói?

Vamos estar eliminando o gerúndio de nossas vidas?

Publicado em 01 de outubro de 2007 por Olegario Schmitt

José Roberto Arruda, Governador do DF - Foto: Alan Marques

Jamais pensei que, em algum ponto da vida, chegasse ao ponto de dizer isso: esse homem hoje foi meu herói.

Leia abaixo a reportagem da Redação Terra:

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, “demitiu”, em decreto publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial do Distrito Federal, “o gerúndio de todos os órgãos do Governo Federal”. O gerúndio é uma forma nominal do verbo, invariável, terminada em “ndo”, normalmente usada para expressar sentido de continuidade, por exemplo, estamos “providenciando”. De acordo com o decreto de Arruda, o uso do “gerúndio para desculpa de ineficiência” está proibido a partir desta segunda nos órgãos do governo.

É, toda moeda tem dois lados mesmo. E quem rir por último, certamente estará rindo melhor…

Você pode deixar sua opinião registrada

Seu ponto de vista é importante. A reação do leitor é um termômetro valioso para o autor.

Contribua com sua opinião

Designed by